Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/idsl/public_html/includes/php/libs/3rdparty/adodb/adodb.inc.php on line 3211

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/idsl/public_html/includes/php/libs/3rdparty/adodb/adodb.inc.php on line 3248

Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/idsl/public_html/includes/php/libs/3rdparty/adodb/drivers/adodb-mysql.inc.php on line 235
IDSL - Instituto de Desenvolvimento de Software Livre

Strict Standards: Non-static method DATAHORA::QuebraData() should not be called statically in /home/idsl/public_html/temas/idsl/index.php on line 14

Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/idsl/public_html/includes/php/libs/idsl/datahora/datahora.inc.php on line 38

Deprecated: Function split() is deprecated in /home/idsl/public_html/includes/php/libs/idsl/datahora/datahora.inc.php on line 40

Deprecated: Function split() is deprecated in /home/idsl/public_html/includes/php/libs/idsl/datahora/datahora.inc.php on line 41

Deprecated: Function split() is deprecated in /home/idsl/public_html/includes/php/libs/idsl/datahora/datahora.inc.php on line 42

Strict Standards: Non-static method DATAHORA::FormataDataLonga() should not be called statically in /home/idsl/public_html/temas/idsl/index.php on line 14
14 de Dezembro de 2017
Busca

Strict Standards: Non-static method TEMAS::carregaMini() should not be called statically in /home/idsl/public_html/temas/idsl/index.php on line 32

Strict Standards: Non-static method TEMAS::carregaConteudo() should not be called statically in /home/idsl/public_html/temas/idsl/index.php on line 47

A ONG - IDSL

Surgido a partir de uma idéia em um grupo de amigos, o Instituto de Desenvolvimento de Software Livre constituiu-se em outubro de 2005 como Associação Civil sem fins lucrativos, e desde então vem realizando trabalhos na área de desenvolvimento e implantação de soluções tecnológicas compatíveis e baseadas em Software Livre.

O IDSL é o primeiro Instituto no Distrito Federal dedicado plenamente ao desenvolvimento de tecnologias livres e de código aberto, a fim de criar um conjunto de ferramentas livres que tornem atrativo o uso de sistemas abertos nos mais diversos ramos da sociedade brasileira.

Para isso, além de desenvolvermos ferramentas próprias, elaboramos, customizamos e implantamos sistemas livres em empresas, governos, etc, através da contratação de nossos serviços.

O Software Livre

Free Software is a matter of liberty, not price. You should think of "free" as in "free of speech", not as in "free beer" - Free Software Foundation.

Há muita confusão acerca do que seja o Software Livre, e por isso, uma explicação sobre sua natureza e conceitos faz-se necessária. Essa confusão vem basicamente devido ao termo inglês Free poder ser traduzido tanto como Livre quanto como Gratuito.

Por Software Livre, entende-se todo e qualquer código desenvolvido cujos fontes estejam disponíveis e acessíveis por qualquer pessoa que desejar vê-los, alterá-los e redistribuí-los.

Esta disponibilidade sobre o como os programas são feitos, seu código fonte, ajuda à difusão do conhecimento, desenvolvimento e pesquisa científica, e iguala países, empresas e pessoas no acesso à informação. Software Livre é mais do que apenas código disponível, é todo o benefício que vem decorrente dessa disponibilidade.

Segundo a Free Software Foundation (www.fsf.org) exitem 4 princípios básicos para um Software ser considerado Livre:

  • Liberdade para executar a aplicação (liberdade zero - execução);
  • Liberdade para estudar como o programa funciona e modificá-lo de acordo com suas necessidades (liberdade um - customização/modificação). Para isto, é essencial acesso ao código-fonte;
  • A liberdade de redistribuir cópias, assim você pode ajudar outros que precisam de software para solucionar o mesmo problema que você (liberdade dois - redistribuição);
  • Liberdade para melhorar a aplicação, e redistribuir seu trabalho derivativo para o público, a fim de que toda a comunidade se beneficie dele (liberdade três - evolução e melhoria). Novamente, é essencial o acesso ao código-fonte.

O Software Livre pode ser utilizado para fins comerciais, sem maiores problemas, desde que seu código fonte esteja disponível e licenciado de forma a que a pessoa que tenha acesso a eles possa redistribuí-lo em sua forma original ou modificada.

Software Livre versus Freeware versus Software Proprietário

A classificação Livre para um software não representa software gratuito, mas software sobre o qual o indivíduo tenha acesso ao seu fonte e possa modificá-lo e redistribuí-lo na forma que melhor lhe convier. Você pode até cobrar pela entrega do binário, e até mesmo pela entrega do fonte, mas após entregá-lo, você estará dando permissão à pessoa que o redistribua e altere. Essa não é uma transferência de direitos autorais, a autoria do código continua sendo sua. Você apenas concedeu a liberdade para que a pessoa alterasse o código e o redistribuísse na forma que melhor lhe aprouver. Há várias empresas desenvolvendo desta forma, e uma delas, por exemplo, já no mercado há quase 10 anos é a Red Hat (www.redhat.com).

Há alguns juristas que, por desinformação ou mal assessoria, confundem as definições de licenciamento de Software com a natureza originária e final do mesmo, classificando o Software Livre como de origem acadêmica e uso nessa área, e o restante como Software Comercial. Essa á uma acertativa errônea.

Há ainda diversas empresas distribuindo Software Gratuitamente (Freeware), mas isso tampouco torna o Software algo que possa ser classificado como Livre, pois você não poderá acessar os fontes que o originaram, nem tampouco alterar ou redistribuir o fonte do programa. Empresas como a Sun e a Microsoft desenvolvem software do tipo gratuito, como o Internet Explorer e o Java. Você pode utilizá-los sem pagar por eles, mas não pode alterá-los. Observe que de maneira geral, isso acaba fazendo com que você se prenda a utilizar outras soluções deles, as quais não são Livres e menos ainda gratuitas, como o Windows.

Há pessoas ainda que classificam o Software Livre como Acadêmico. Software Livre não é Software Acadêmico. Embora várias aplicações Livres tiveram seu nascimento em ambiente universitário, isso não quer dizer que as mesmas não sejam utilizadas em âmbito Empresarial, e com enorme sucesso. Várias empresas existentes hoje em dia nasceram em incubadoras de Universidades, e nem por isso deixaram de apresentar altíssimo nível de qualidade em seus produtos, como, por exemplo, a Aker Security Solutions (www.aker.com.br), referência internacional em Firewalls Corporativos. Menosprezar o Software que teve origem na Universidade é menosprezar todo o sistema de ensino que forma os profissionais que sua empresa contratará posteriormente.

Por último, fica a grande confusão do Software Livre versus Software Comercial. O Software Livre pode ser utilizado de forma comercial, e grandes empresas tem se empenhado nisso já, como a Novell, IBM e Oracle. Embora muitos produtos dessas empresas possam não ser Livres, vários possuem versões compatíveis com Sistemas Livres e Abertos. O que se costuma chamar Software Comercial, é o que a Comunidade de Software Livre chama de Software Proprietário, referindo-se claramente à forma de licenciamento que não permite que você acesse o fonte, altere-o, e menos ainda, que redistribua o código melhorado.

Conclusão

Por fim, e para concluir, vemos que o Software Livre, com seus princípios de liberdade, só traz benefícios a todos que o utilizam, permitindo que cada pessoa possa altere o funcionamento de um programa de maneira que melhor o atenda, melhore seu código, e até mesmo criando isonomia entre empresas, que passam a ter que mostrar seu diferencial na qualidade de seu serviço, ao invés do produto, já que todas podem utilizá-lo sem maiores problemas, além da difusão de conhecimento e melhores técnicas de programação que passam a estar disponíveis a todas as pessoas que tiverem interesse em conhecer como o Software foi escrito.

Software Livre é melhor corrente de filosofia já pensada pelo homem desde o Iluminismo, onde todo o conhecimento era livre, e as trocas de informações só trouxeram benefícios. Afinal de contas, o Sol nunca girou em torno da Terra, e seu computador não deveria travar tanto.

Pablo Santiago Sánchez
Presidente do IDSL


Strict Standards: Non-static method TEMAS::carregaMini() should not be called statically in /home/idsl/public_html/temas/idsl/index.php on line 57

Strict Standards: Non-static method TEMAS::carregaMini() should not be called statically in /home/idsl/public_html/temas/idsl/index.php on line 58
Usuários do Site

Caso este seja seu primeiro acesso, faça seu cadastro aqui para poder fazer parte da comunidade on-line que mais cresce no Brasil!
 

Usuário:

Senha:

Entrar >>
 

© 2006 - IDSL - Feito com Liberdade